quarta-feira

Seja Bem vindo, aos dias de hoje

Ao belo dia que escondia o medo
Ao genocídio daquele dia                  
Aos belos segundos                            
Ao avião que  carregava                    
Ao assassino que ordenou                  
As pessoas que sofreram                
Ao ar que respiravam                            
Ao ar que os queimavam                            
Ao som que ouviram                              
A cidade massacrada                            
Ao inferno na terra
Aos assassinos que comemoravam      
As pessoas que choravam                      
Àquelas que queimavam, àquelas que evaporavam  
A escultura no ar                                                
Aos corpos que não foram enterrados                  
Ao medo que os assassinos criaram                      
A Bomba que explodiu                            

Agora ao medo que o mundo sente    
A sintonia de mentes doentes              
A paz que nunca chega                        
Ao terror que o mundo ainda sente
As cidades massacradas      
As Bombas que explodem                    
Ao fogo das bombas ardentes                  
Aos assassinos que ainda estão a matar      
Ao reinado do medo que só aumenta                                  

Destruindo cidades com o apertar de um botão
Seja Bem vindo, aos dias de hoje
Seja Bem vindo, onde o medo governa
Seja Bem vindo, hoje você será um numero
Seja Bem vindo, hoje você será só mais um corpo dentro de um saco preto
Seja Bem vindo, aos dias de hoje
Não, não há como pensar nos dias de hoje
Não, não há futuro sem presente
Não, não há como fugir da ganância que devora nossos corações
Não, não há mais como fugir daqui
Seja Bem vindo, aos dias de hoje
Só se prepare para a explosão que logo virá para te devorar

2 comentários:

Flip Oil Fuckin' Now disse...

CAraio, tu botou o nome que eu te falei de zoa mesmo
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Chrystian.Matos disse...

huaosihasoih se eu te falar que ainda não escolhi o nome ^^